Estive pensando...




Estive pensando em não pensar nada, de repente um pensamento me veio e a prosa se iniciou, cada qual com a sua razão.
Cada qual com seus argumentos, cada qual com suas desculpas, cada qual com suas limitações, cada qual com seus vícios e vicissitudes, cada qual com seus egos e ambições.
Pensei em não pensar nada, mas quanto mais pensava em não pensar, mais pensamentos vinham e iam.
Todos carregados de fortes emoções e sensações e julgamentos, crenças limitantes que me tornam tão pequeno perante a vida e mostra quão grande são minhas falhas.
Estive pensando em não pensar nada... mas, se entro na sensação do medo, da angústia e da raiva... fico lambendo minhas feridas que não cicatrizam e não deixam marcas... mas estão ali... abertas e doentes...
Estive pensando em não pensar... mas se entro na sensação do amor e do perdão, consigo pensar... de forma clara, de que para sentir eu não preciso do pensar e sim me abrir...
E quando eu penso em sentir... já estou sentindo... e já estou sorrindo... e já estou agradecendo...
Estive pensando no que escrever, mas para que escrever se eu posso sorrir, se eu posso abraçar e se eu posso amar?
Estive pensando em amar, mas isso é tão natural do ser humano que não é preciso pensar... basta deixar acontecer e liberar...
Estive pensando em pedir perdão e perdoar... mas não é preciso pedir... é preciso pensar e sentir que o perdão vem e vai no lugar certo e na hora certa, para a pessoa certa.
Estive pensando na vida... mas a vida é o presente... o passado já passou e o futuro está por vir... e se você está presente... não precisa pensar... só precisa estar.
Estive pensando sobre o céu e a terra... e percebi que entre eles há muito mais do que eu ou você iremos aprender em uma única passagem por aqui.
Estive pensando em meus pais... percebi que se eu juntar tudo isso que falei acima, um tanto mais de amor, respeito, honra e a certeza de que eles são os certos pra mim, terei a certeza de que tenho alicerces mais do que fortes para construir o meu castelo.
Estive pensando em ser bem sucedido... concluí que chegarei lá... quem tem pernas fortes como eu, não precisa de muleta.
Estive pensando no tempo... conclui que o tempo somos nós que fazemos... quanto mais conscientes... mais tempo temos...

Estive pensando sobre você... bem... apesar de não te conhecer direito... sei que você não está aqui por acaso.

Estive pensando em não pensar nada... mas de fato... sou um ser pensante, racional e que ama a vida... estive pensando em tudo isso e conclui que estou feliz em deixar o Thinking Mode On de lado e comecei a entrar no Feeling Mode On.

Estive pensando sobre o meu encontro com ela... mas... seja o que Deus quiser... afinal... é sempre como ele quer... e assim será.

Escrito por JuLio Lussari

Beijos e abraços a todos.

5 comentários:

Aline disse...

"para sentir eu não preciso do pensar e sim me abrir..."
ADOREI!

ótimo texto, Júlio! mto show =)

JuLio Lussari disse...

Aeee...
Temos que sair do Thinking Mode ON e entrar no Feeling Mode ON...

Obrigado pelo comentário...

Volte sempre...

IdeoLucas disse...

Gostei muito... tava inspirado nesse dia em.

abraço.

JuLio Lussari disse...

Pois é cara... tenho escrito menos... mas quando escrevo é de coração...

Esse post teve mais acesso do que qualquer outro que eu já escrevi... muito massa...

Se cuida.

Abraço

Anônimo disse...

Lindooooooooo amei!!!

BlogBlogs.Com.Br