Quando o Ciclo se torna um bom Hábito.

Depois de um post tão grande e complexo quanto o último, fiquei pensando repetidas vezes que assim como eu, grande parte das pessoas não sabem "COMO" fazer as coisas.
Tive boas conversas a respeito do post, mas houve um denominador comum: O post está denso... é preciso de tempo para refletir e mais tempo ainda pra conseguir praticar.
Por causa disso, hoje escreverei um post mais curto e com reflexões de forma mais prática para auxiliá-los nessa jornada.


Um grupo místico muito antigo denomina uma das Leis do Universo com o nome de Lei de AMRA.


A Lei de AMRA diz que - O indivíduo que peça auxílio especial ao universo e tenha seu pedido atendido, terá o dever, pela Lei de AMRA, de fazer compensação, transferindo a outrem algo dos benefícios que tenha recebido.


Essa breve explicação pode nos ensinar o seguinte:


Se eu compreendo o Carma (compensação) e a Lei de AMRA (compartilhar benção), posso trabalhar com essas duas leis do universo em conjunto.


Se eu faço algo bom, algo bom vai acontecer comigo (Carma). Se eu pego esse algo bom que aconteceu comigo e compartilho-o com outra pessoa (Amra), eu gero um débito Carmico. Ou seja, o universo VAI me compensar. 
Temos que manter sempre a pureza de nossos pensamentos, falas e ações, MAS, podemos e devemos usar a sabedoria e o domínio das leis a nosso favor (acredito que o divino as criou não só para reger o universo, mas também para que dominássemos e usássemos a nosso favor).


O que eu quero dizer é que a Lei da compensação é tão boa e justa que NUNCA falha.


Quando compreendemos como utilizar de forma combinada essas duas leis do Universo, sempre teremos mais e mais... chegaremos finalmente a abundância do universo.


Quanto mais coisa boa eu fizer, mais eu recebo. Quanto mais eu compartilho o que eu recebo, mais o universo me dá.
Parece simples né? e É.
Por que os ricos ficam mais ricos? 
Porque em sua maioria, eles são generosos. Eles dão sempre mais.
Bill Gates doou 200 milhões de dólares para o Rotary erradicar a Pólio.
Imagine Carma e AMRA combinados na mesma ação... o que você acha que acontece com ele?


Ser rico não é ruim se você consegue compreender isso.


Quanto mais você recebe, mais você compartilha... e recebe mais, e compartilha mais... se torna um Ciclo... se torna um hábito.
E que bom hábito não?


Nada menos do que criar bons hábitos me interessa mais...


Ótima semana a todos.


#Arrebenta

3 comentários:

Antônio Rezende Neto disse...

Em um livro que li, o autor definia o seguinte: Os hábitos são soluções memorizadas. Quando sua mente descobre como fazer com que algo aconteça, ela retém a solução que é reforçada sempre que você a aplica. Diga aí Julio, nada melhor que ter uma solução memorizada pela mente de como fazer o bem.

Eli disse...

Engraçado como muitos livros q li, coemcam a fazer sentido!
Sobre Compartilhamento do bem que recebemos...sim, isso está no livro de Og Mandino, o Maior vendedor do Mundo...
E faz sentido.
E venho pensando sobre varias maneiras de contribuir, compartilhar, doar. Porque não precisa ser em dinheiro, atos falam muito alto. E entendi também o verdadeiro significado do voluntário, que age sem pensar em remuneração.
Sim, precisamos sempre tempo p digerir seus PostS! Rsss.
O sucesso está em agir para que o Universo nos ajude a ajudar. Lei Amra para mim é um nome novo,para um ato milenar de doar.
Post curto mas complexo,Ne?

Show

Bjo

ThaisIensen disse...

Nossa, eu acredito nisso, é muito foda!

BlogBlogs.Com.Br