Não há nada errado...



É difícil entender como as pessoas seguem ano após ano sem buscar a solução pra determinada situação...
Continuar remoendo algo que aconteceu... e ficar naquela sensação desconfortável...
Talvez eu esteja exigindo demais...
Cada um tem seu tempo... seu momento... isso é fato...
Será que eu posso te ajudar em algo?
Talvez sim, desde que eu resolva meus problemas primeiro...

Esse fim de semana entendi um pouco mais sobre a vida... e sobre o nascer...

Curiosamente, lembrei sobre a história do meu nascimento...

Minha mãe estava no meio de uma chuva... correu pelo quintal para chegar logo em casa e acabou caindo na escada, entre 10 e 15 degraus... não me lembro... ao fim do tombo, entrou em trabalho de parto...
Nasci de 8 meses... sorridente, ruivo e cheio de alegria...

Questionei sobre o que essa antecipação do nascimento influenciaria minha vida atualmente...
Obtive a resposta de que pessoas que nascem antes, geralmente têm dificuldade em terminar projetos iniciados...

Em seguida, uma pessoa muito especial me disse...

Não há nada de errado em começar coisas... que belo é esse movimento de criar coisas...
Pessoas passam a vida inteira sem iniciar nada...
Que tal se o objetivo é você começar coisas que outras pessoas terminarão?

Que tal ver o mundo por um lado diferente... e quem sabe hoje... você possa desembassar seus olhos e ver tudo com outras cores?

Talvez eu estivesse com tanta vontade de nascer... que não aguentei esperar os 9 meses...

E hoje eu consigo entender essa minha vontade de viver... de fazer coisas novas e diferentes... e principalmente de resolver esses problemas do passado... criar um entendimento e assim poder seguir em minha jornada...

Ser feliz... seguindo a estrada... e jamais... JAMAAAAAIS... perdendo a paisagem de vista...
Só o destino final não basta... tudo o que acontece no percurso é que dá sentindo ao fim...
A beleza da viagem está no caminho...

A vida tem seu preço... se você aceitar pagar... não estou dizendo que vai ser fácil... mas, essa jornada será de cabeça erguida...
Se não aceita pagar o preço, o custo fica muito mais elevado... e tudo é muito mais sofrido e difícil...

Hey... já que estamos aqui, que tal encararmos o mundo de cabeça erguida?

Acredito que juntos somos mais fortes... que tal um abraço e um caminhar com as cabeças erguidas num dia de sol?

1 comentários:

Camila Leite disse...

Realmente Júlio, como é difícil entender que existem pessoas que seguem ano após ano sem buscar a solução para determinada situação.
Para mim, isso que você citou explica exatamente esta questão: cada um tem seu tempo... seu momento... isso é fato! As vezes acho que demoro pra resolver meus conflitos... e sofro um pouco por isso.

Sobre a antecipação do seu nascimento... fiquei maravilhada ao saber como é lindo o fato de começar coisas.
Pensando nisso, pude refletir em tudo o que aconteceu... e já que o objetivo é você começar coisas... será que não era minha parte terminá-las?

Mas como você mesmo disse: a vida tem seu preço... se você não aceitar pagar por esse preço, o custo fica muito mais elevado e tudo é mais sofrido e difícil. Assim, fico me perguntando... será que eu fiz certo?

Mas já que estamos aqui... vamos sim encarar o mundo de cabeça erguida!

Acredito que juntos somos mais fortes... que tal "o melhor abraço de todos" e um caminhar com as cabeças erguidas num dia de sol?
Eu aceito...

Lindas palavras Ju...
a cada dia me encanto mais!
Beijos meu querido!!!

BlogBlogs.Com.Br